terça-feira, 21 de junho de 2011

E quando o vento batia nos meus cabelos, e eu olhava sorrindo para você e você sorria de volta para mim… e quando eu não precisava mais de você, você começava a precisar de mim, e começava tudo de novo… devagar, devagar… deixando a brisa nos levar.

Sem comentários:

Publicar um comentário