domingo, 5 de dezembro de 2010

Você fala que sabe da vida, fala que me conhece e que estou jogando minha vida fora. Mas você não sabe o quão doloroso é se olhar em um espelho e não se reconhecer, não sabe o que é ter que contar mentiras e assim indo criando uma nova verdade. Você não faz ideia do quanto eu sofro, então por favor, não me julgue antes de saber quem eu sou de verdade, pois nem eu sei quem sou direito.

Sem comentários:

Publicar um comentário